Projeto urbanístico

O Residencial Terras Altas tem características únicas e pioneiras em seu projeto de urbanização. Desenvolvido pela Cipasa, o projeto define três módulos de ocupação: o Módulo I, situado na porção leste do empreendimento; o Módulo II, ao norte, a partir da margem direita do Lago de Ibirapitanga; e o Módulo III, na parte sul, à esquerda da entrada do Residencial.

Os terrenos residenciais têm, em grande parte das unidades, seus limites em contato direto com maciços de Mata Atlântica bem preservada ou em fase adiantada de recuperação. Trechos da RPPN Rio dos Pilões permeiam o Residencial, em perfeita integração. Isso assegura uma beleza paisagística muito interessante, com algumas das casas já construídas emolduradas pela floresta natural.

Compromisso Ambiental
É necessário o compromisso com uma série de aspectos na hora de projetar e construir na Reserva Ibirapitanga para usufruir o privilégio de uma residência em área de preservação ambiental.

A maior preocupação é não causar impacto ambiental, no caso, à fauna, à flora e ao meio abiótico. Assim, a emissão de efluentes domésticos exige medidas especiais para evitar a poluição de mananciais e dos recursos naturais disponíveis.

A manutenção de 40% do terreno permeável à água de chuva é outro bom exemplo de preocupação ambiental nas construções de Ibirapitanga. Também a adequação à topografia do lote, com o menor deslocamento de terra possível, é um cuidado a ser observado pelo profissional responsável pelo projeto.

Esses e outros direcionamentos estão explícitos no Regulamento de Obras da APRI e devem ser observados para diminuição do tempo de aprovação de um projeto de construção residencial junto à Associação e demais órgãos licenciadores, como CETESB e Prefeitura de Santa Isabel.

Durante a obra, uma série de cuidados deverá ser tomada pelos proprietários, que deverão orientar seus prestadores de serviço sobre como agir durante a permanência na Reserva e quais as mediadas especiais devem ser adotadas nos processos de construção e descarte de materiais. A APRI tem vídeos e materiais de orientação produzidos para esse fim.

© Reserva Ibirapitanga. 2014. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: Witix