Cronologia

2001 (03 de agosto)
Constituição da Associação dos Proprietários em Reserva Ibirapitanga – APRI com sede na Estrada do Ouro Fino, Km 11,2, Bairro Ouro Fino, em Santa Isabel.

2001 (06 de agosto)
Através de termo de compromisso, a área da RPPN foi doada à Associação dos Proprietários em Reserva Ibirapitanga.

De 2002 (janeiro) a 2004 (junho)
Primeira gestão da APRI, com Diretoria formada por representantes dos empreendedores para o lançamento da Reserva Ibirapitanga.

De 2004 (julho) a 2006 (junho)
Segunda gestão da APRI, com diretoria formada por representantes dos empreendedores e primeiros associados: Heitor Lopes (Presidente), Ciro Scopel (Vice-presidente), Robert Buchholtz (Secretário). Marcos Nunes (Tesoureiro), Margarete Pinheiro (Obras), Ivo Szterling (Meio Ambiente) e José Carlos Guimarães (Segurança). No final de 2004, Heitor Lopes renunciou ao cargo de Presidente. Adelmo Sampaio assumiu a presidência, Ricardo Verona foi eleito Secretário no lugar de Robert Buchholtz, José Luiz Matos assumiu como diretor (Obras) no lugar da Margarete Pinheiro, e Robert Buchholtz foi eleito para diretor (Segurança) no lugar de José Carlos Guimarães.

De 2006 (julho) a 2008 (junho)
A terceira gestão da APRI teve como diretores Adelmo Sampaio (Presidente), Ricardo Verona (Vice), Cláudia Lima (Secretária), Marcos Nunes (Tesoureiro), José Luiz Matos (Obras), Ivo Szterling (Meio Ambiente) e Robert Buchholtz (Segurança). Logo depois da eleição, Cláudia Lima renunciou e José Roberto de Souza assumiu o cargo.

De 2008 (julho) a 2010 (junho)
Para o biênio, foram eleitos Adelmo Sampaio (Presidente), Sérgio Mosca (Vice), Rosi Ribeiro (Secretária), Marcos Nunes (Tesoureiro), José Luiz Matos (Obras), Ilka Paraíso (Meio Ambiente) e Robert Buchholtz (Segurança).

De 2010 (julho) a 2012 (junho)
Para o biênio, foram eleitos Sérgio Cavana Mosca (Presidente), Audrei Franco de Carvalho (Vice), Ana Maria Mosca Vidigal (Secretária), Joaquim Pinto de Souza (Tesoureiro), Marcos Nunes de Mattos (Obras), Adelmo de Carvalho Sampaio (Meio Ambiente) e Walter Rodrigues Queiróz (Segurança). Antes mesmo da posse, Sergio Mosca e Ana Maria Mosca Vidigal renunciaram aos seus respectivos cargos. A presidência foi assumida pela vice Audrei Carvalho e os cargos de vice-presidente e secretária ficaram vagos. Em janeiro de 2011, com a renuncia do Diretor de Obras, uma Assembleia Geral Extraordinária foi realizada para preenchimento mínimo de um cargo vago. Foi eleito o associado Reginaldo Sprangoski para a função de Diretor Secretário. Demais cargos permanecem vagos até o próximo exercício, com atribuições assumidas por outros diretores, sempre que necessário.

De 2012 (julho) a 2014 (junho)
Para o biênio, foram eleitos Walter Queiroz (Presidente), Alexandre Leite Candido (Vice), Ana Maria Mosca Vidigal (Secretária), Joaquim Pinto de Souza (Tesoureiro), Antonio Alfredo Gomes (Obras), José Wladimir Lemos (Meio Ambiente) e Manoel Alves de Oliveira (Segurança). 

De 2014 (julho) a 2016 (junho)
Para o biênio, foram eleitos José Wladimir Lemos (Presidente), Rubens Ribeiro Silva (Vice), Maria Aparecida Oliveira (Secretária), Joaquim Pinto de Souza (Tesoureiro), Antonio Alfredo Gomes (Obras), Marcos da Cunha Marques (Meio Ambiente) e Manoel Alves de Oliveira (Segurança). 

De 2016 (junho) a 2018 (maio)
Para o biênio, foram eleitos José Wladimir Lemos (Presidente), Sebastião Mauro da Silva (Vice), Carlos Roberto Quatroqui (Secretário), Luiz Cezar Elias Rochel (Tesoureiro), Marcos da Cunha Marques (Meio Ambiente), Adonias de Jesus Barbosa (Obras) e Manoel Alves de Oliveira (Segurança).

De 2018 (junho) a 2020 (maio)
Para o biênio, foram eleitos Rose Yamamoto (Presidente), Anderson Estevo Diniz (Vice), Maurício Tomanini (Secretário), Joaquim Pinto de Souza (Tesoureiro), Sérgio Cavana Mosca (Obras), Idalécio Viviani dos Santos (Meio Ambiente) e Walter Rodrigues Queiroz (Segurança).
 

© Reserva Ibirapitanga. 2014. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: Witix